Tendências na tecnologia da construção para os próximos anos

Dentro do campo da construção civil, podemos contar com um ritmo acelerado quando pensamos em atualizações dentro da tecnologia desse segmento, principalmente pela variedade de serviços possíveis. 

Todos os dias diversos sistemas são testados, estudados e lançados dentro da construção para que o processo seja agilizado e os custos sejam reduzidos. 

Entender quais as tendências na tecnologia da construção para os próximos anos é importante.

Materiais resistentes, aplicativos, plataformas, equipamentos e sistemas são atualizados e mudados de acordo com a rotina da população e da maneira que estão construindo o mundo.

O profissional que deseja atuar nessa área, deve levar em conta as atualizações que são feitas todos os anos. Não tem como se formar dentro da área e não buscar conhecimentos contínuos para as tendências.

Existem empresas que dedicam seu tempo para atualizar profissionais e ressaltar a importância de acompanhar essas tendências dentro desse ramo, uma delas é a empresa e-Skynet.

Veja a seguir algumas dicas de tendências na tecnologia da construção para os próximos anos e como se manter atualizado sobre cada uma delas. Confira:

Tendência na tecnologia da construção para os próximos anos: modelagem da informação da construção

O BIM é um recurso utilizado dentro da construção civil que, além de possibilitar a visualização dos projetos em 3D, permite que alterações sejam feitas por todas as pessoas envolvidas no projeto, até mesmo o cliente. 

Esse sistema integra informações precisas sobre modelo, quantidade, tamanho, fabricante e preço dos materiais em um só lugar, possibilitando  o controle de todos os custos e investimentos da construção.

Realidade aumentada e uso de drones

Outras ferramentas que têm sido aplicadas dentro da construção são a realidade aumentada, o uso de drones e até aplicativos. Esses sistemas permitem que o usuário tenha uma visualização melhor do projeto, causando efeito de realidade em 3D para que todas as dúvidas sejam sanadas dentro do projeto. 

Toda essa atualização é feita através de aplicativos, e podem ser compartilhados pelos criadores do projeto e os clientes. Esses recursos fazem com que novos clientes sejam atraídos e os antigos sejam fidelizados. 

Outra tendência na tecnologia da construção para os próximos anos é o uso de drones, fazendo com que o projeto seja visto como um todo, principalmente em terrenos de difícil acesso. Eles podem ser usados antes da inicialização do projeto, durante e depois.

Estruturas de concreto e aço

A grande técnica de misturar esses dois materiais é conhecida como steel frame. É composta por materiais resistentes como o aço. A estrutura feita é criada por peças de metais e preenchidas por gesso ou cimento.

Esse tipo de técnica é utilizada para integrar o sistema de Construção Energitérmica Sustentável.

Além disso, diversas vantagens são apresentadas dentro da alvenaria, como o estímulo da variedade de serviços, a prática independente do clima, o custo reduzido em até 30% e os prazos acabam sendo menores.

Além disso, os riscos de acidentes no trabalho são reduzidos, já que os materiais são mais leves e a segurança é maior.

Novos materiais descobertos

Alguns pesquisadores, inclusive de grandes institutos, vêm pesquisando e testando materiais mais resistentes do que o aço para ser utilizado nas construções. Essa matéria prima é mais leve e apresenta apenas 5% da densidade do metal. 

O uso desse material será voltado para a construção de grandes pontes e edifícios.

Automatização de obras

É necessário lembrar que daqui a alguns anos todo o controle das etapas das construções serão feitas através de aplicativos. Essa é uma realidade não muito distante do que vivemos atualmente. 

O canteiro de obras automatizado vai fazer com que todas as inovações relacionadas à construção civil sejam cada vez mais baseadas na realidade aumentada, bem como ao uso de drones, aplicativos e novos materiais.

Essa automatização vai fazer com que os projetos sejam cada vez mais bem executados, trazendo diversos benefícios e melhorias nos resultados deles. 

Além disso, esse processo vai substituir grande parte do trabalho braçal por máquinas e softwares. Tudo bem que nada substitui a presença física, mas existem partes do processo da obra que não precisam necessariamente de uma pessoa lá.

Essa praticidade vai proporcionar que o engenheiro fique focado em outras funções estratégicas, como a captação de clientes, a fidelização deles e no bom atendimento.

Para que empresas possam investir nessas tecnologias, é preciso investir também em profissionais capacitados para atuar dentro dessas metodologias, isso pode gerar grandes custos.

Quando se entende sobre as tendências na tecnologia da construção para os próximos anos, pode-se investir nesse meio visando o crescimento da empresa.