Não é novidade que ao mesmo tempo que o uso de smartphone cresce no mundo inteiro, também aumentam as compras por esse dispositivo.

    Estudos comprovam que os aparelhos de celular vêm mudando o comportamento da população, até mesmo, em relação ao consumo. Comprar pelo celular, além de ser bem mais prático e fácil, também significa maior flexibilidade, já que de qualquer lugar e a qualquer hora é possível realizar todo tipo de compra.

    Porém, se por um lado comprar pelo celular significa mais facilidade, por outro, também requer muita cautela, pois pode esconder alguns perigos. 

    Os golpes são muitos e de diferentes tipos, esperando qualquer desatenção do usuário para se manifestar.

    Pensando nisso, resolvemos mostrar aqui algumas dicas para garantir mais segurança nas compras pelo celular. Confira! 

    Verifique a reputação da empresa

    Algum produto lhe chamou a atenção, mas você não conhece a loja? Então, antes de se deixar levar pelo impulso, inserindo seus dados pessoais em site que não conhece, para realizar a compra, procure pesquisar sobre a história e a reputação da marca. 

    Enfim, faça uma busca na internet para levantar informações sobre a empresa e saber se é confiável ou não, ou se os produtos da loja realmente valem a pena. Se não encontrar muitas informações sobre a empresa, talvez o melhor seja não arriscar.

    Busque por reclamações nas redes sociais e em sites específicos

    Outra dica é pesquisar em páginas de depoimentos, como o Reclame Aqui, e também nas redes sociais, às vezes até nos comentários é possível saber se os consumidores estão satisfeitos com a marca pesquisada. As reclamações podem ser com atrasos na entrega, produtos avariados, problemas na comunicação com a loja, entre outros. Sem dúvida, é uma boa forma de não acabar caindo em golpes e propagandas enganosas. 

    Observe as avaliações dos consumidores

    Como fazer compras pelo celular de forma segura
    Como fazer compras pelo celular de forma segura

    Você costuma checar as avaliações dos consumidores sobre um determinado produto na página da loja? Então, muitas oferecem um espaço para que os consumidores avaliem os produtos, adicionando comentários sobre a qualidade do produto ou contando um pouco da experiência de uso.

    Embora deva considerar esses comentários, no entanto, a dica é checar se em outras lojas o produto também é bem avaliado. Isso porque, existem casos desses comentários serem fakes, ou seja, pessoas são pagas para escrever comentários. Por isso, toda atenção é pouca.

    Use cupons de descontos

    Uma boa forma de comprar pelo telefone, e de forma segura e econômica, é apostando em cupons de desconto, de lojas confiáveis, como cupom lojas Renner, cupom c&a, cupom americanas, assim, garante preço abaixo do valor original, mas de forma segura. 

    Dicas para avaliar a segurança do site 

    Você sabia que existem alguns itens que podem ajudar a identificar se uma página de e-commerce é segura, ou não? Dentre os mais importantes podemos destacar:

    • O ícone de um cadeado na barra de navegação, bem ao lado do endereço do site que você está acessando;
    • Os contatos e endereço da loja devem ser verificados;
    • Os certificados de segurança no rodapé da página, que são selos que garantem que o site é protegido e seguro para transações bancárias, e costumam ficar próximos das informações da empresa na parte inferior do site;
    • Preços muito abaixo do mercado ou sites com um layout mal estruturado e bagunçado, geralmente, são sinais de que a página não é segura.

    Enfim, sabemos que, ao mesmo tempo que a internet oferece muitas facilidades, também pode ser uma porta para golpes e dores de cabeça. A boa notícia é que é possível garantir mais segurança tomando alguns cuidados, como os mostrados acima.

    Compartilhe.
    Avatar de Fátima Watanabe

    Formada em biblioteconomia pela UFMG, Fátima Watanabe começou na sua área escrevendo artigos sobre as obras de Dante Alighieri e sua importância dentro da literatura. Hoje, Fátima passa seus dias como pesquisadora de sua área, integrando o uso de palavras-chave na pesquisa didática e ainda escreve editoriais e artigos no WTW19.