Quais são os novos avanços tecnológicos na medicina? Saiba mais.

avanços tecnológicos na medicina

Você sabe quais são as principais tecnologias que estão surgindo no mundo da medicina? Inteligência artificial, big data, aplicativos móveis para a saúde… novos avanços tecnológicos na medicina chegaram para melhorar nossas vidas e a saúde de todas as pessoas.

Graças à tecnologia, a medicina está cada dia mais eficiente e nos permite cuidar melhor da saúde das pessoas. Ao mesmo tempo, os avanços na tecnologia facilitam a vida dos médicos, reduzindo listas de espera ou erros humanos.

A tecnologia evolui e avança tão rápido que a humanidade sempre ficará para trás. Não terminamos de implementar novos avanços tecnológicos na medicina quando novas tendências revolucionárias já estão surgindo.

No campo da saúde, qualquer inovação tecnológica está focada em melhorar a vida dos pacientes ao mesmo tempo em que facilita o trabalho realizado por médicos especialistas.

Por isso, quando falamos de novas tecnologias no setor da saúde, podemos mencionar tudo de aplicativos móveis a big data, por meio de software médico que muda a forma de fazer ciência e desenvolver a medicina.

Benefícios das novas tecnologias na medicina

Não há dúvida de que a tecnologia na medicina… salva vidas, melhora a saúde e facilita o funcionamento do sistema de saúde de forma mais eficiente e sustentável. Por todas essas razões, a tecnologia médica tem toda uma série de vantagens para pacientes e profissionais médicos.

Nas últimas décadas houve grandes avanços tecnológicos na medicina graças aos quais, entre outras coisas, foi possível:

  • Ofereça e obtenha diagnósticos de um paciente com muito mais rapidez e precisão.
  • Desenvolver muito mais eficaz e tratamentos médicos personalizados.
  • Facilitar pesquisar e realização de estudos clínicos mais complexos.

Por outro lado, as grandes vantagens econômicas da tecnologia na saúde não devem ser negligenciadas.

 

“A tecnologia na medicina salva vidas, melhora a saúde e facilita o funcionamento do sistema de saúde de forma mais eficiente e sustentável.

 

Além de tornar o sistema de saúde mais eficiente, outras grandes vantagens da inovação tecnológica em saúde é que é um ativo financeiro com grande potencial para gerar benefícios econômicos.

Por tudo isso, empresas de todo o mundo, governos, startups, etc. trabalham para promover avanços tecnológicos em saúde, não apenas para melhorar a vida das pessoas por meio de técnicas inovadoras, mas também como forma de gerar riqueza, emprego, etc.

Principais inovação tecnológica para o setor da saúde em 2022

Durante a pandemia, vimos como o campo da saúde deu um salto importante digitalizar medicamentos e ser capaz de cuidar de pacientes mesmo quando confinados. 2021 foi o ano da telemedicina o impulso que faltava ao setor para dar um passo adiante em sua transformação digital.

Aplicativos móveis

Com o surgimento e aumento de cada vez mais aplicativos móveis relacionados à saúde, o conceito de saúde móvel também se popularizou. A Organização Mundial da Saúde (OMS) a define como “a prática da medicina e da saúde pública apoiada por dispositivos móveis, como telefones, dispositivos de monitoramento de pacientes, assistentes digitais e outros dispositivos sem fio”.

A preocupação em levar um estilo de vida saudável aliado ao uso intensivo de smartphones que fazemos hoje levou ao desenvolvimento de inúmeros aplicativos móveis para a área da saúde.

Desde aplicativos para praticar esportes ou gerenciar sua dieta semanal até outros aplicativos que permitem monitorar doenças como diabetes ou epilepsia.

Em 2021, além disso, também vimos como os aplicativos móveis foram usados ​​para combater o corona vírus, monitorando pessoas infectadas e também oferecendo assistência médica por meio de smartphones. Em última análise, a pandemia impulsionou o desenvolvimento e novos avanços tecnológicos na medicina e continuará a fazê-lo ao longo de 2022.

Automação Robótica de Processos

Consiste em automatizar, por meio de software empresarial, o atendimento médico. Dessa forma, é possível estabelecer categorias, agendar consultas, adicionar dados e realizar procedimentos de administração médica de forma muito mais ágil, rápida e eficiente.

Cidades inteligentes

Poderíamos pensar que as cidades inteligentes não têm nada a ver com o setor de saúde. No entanto, as cidades inteligentes utilizam a tecnologia para melhorar a vida das pessoas e obter dados sobre o estado de saúde da população.

Por exemplo, por meio de telefones celulares ou redes de sensores, é possível gerenciar melhor a densidade populacional ou reduzir a poluição, aspectos que, sem dúvida, impactam a saúde ambiental de uma sociedade.

Telemedicina

O salto que a saúde virtual deu durante a pandemia nunca mais voltará. Para evitar possíveis infecções, um ano após a primeira onda do coronavírus, muitos centros de saúde ainda realizam a primeira consulta online ou por telefone.

Neste contexto, importa referir também que o confinamento tem levado a um aumento de problemas de saúde mental como a ansiedade, a depressão ou a insónia. Na maioria dos casos, o apoio à saúde mental será virtual.

Quais são as outras novas tecnologias?

Além dos avanços tecnológicos na medicina que ocorreram em 2021 e estão previstos para 2022, existem também algumas tecnologias inovadoras que estão presentes no setor da saúde há anos.

Inteligência artificial

Quando falamos de inteligência artificial na área da saúde, encontramos duas aplicações:

  • Inteligência artificial para o tratamento e processamento de dados: facilita a criação de soluções por meio de um algoritmo que é aplicado ao atendimento médico. Em outras palavras, o algoritmo funciona como uma rede neural, como se fosse um cérebro, realizando assim uma análise de probabilidade com base nos dados que está estudando e, consequentemente, oferecendo alternativas de tratamentos ou recomendando o mais adequado.
  • Inteligência artificial para software de reconhecimento de imagem ou padrão visual. Nesse caso, o aprendizado profundo oferecido pela inteligência artificial é usado para que a tecnologia possa reconhecer padrões, comparar e armazenar milhares de imagens e dar um diagnóstico tão rápido quanto preciso.

Impressão 3D

A impressão 3D também tem uma aplicação no mundo da saúde. Por exemplo, é usado para criar medicamentos personalizados para cada paciente com base em sua idade, sexo, etc. Mas também para criar próteses para, por exemplo, pessoas que não têm uma perna ou um braço.

Big Data

Big data marcou um antes e um depois em todo o mundo e em todos os setores, também em saúde e hospitais. Graças ao big data, hospitais e centros de saúde melhoraram e modernizaram sua gestão clínica oferecendo um atendimento muito mais eficaz ao paciente e agilizando o diagnóstico.

Graças ao big data é possível:

  • Melhorar a comunicação entre diferentes departamentos ou centros médicos. Se anos atrás o paciente tinha que levar a radiografia impressa ao médico, hoje o médico a recebe instantaneamente em seu computador.
  • Facilitar e melhorar a tomada de decisões.
  • Economize o custo de compra de novos dispositivos, pois a atualização de qualquer software para uso médico e de qualquer software em geral geralmente é de responsabilidade do fornecedor.
  • Simplifique e torne o histórico médico do paciente mais acessível.
  • Identificar novas necessidades e prioridades nos cuidados de saúde.

Realidade aumentada

Embora a realidade aumentada esteja mais associada a setores como, por exemplo, os videogames… a realidade aumentada também está sendo utilizada na formação de profissionais médicos. Graças a esta tecnologia, por exemplo,

Os dados de ressonância magnética são obtidos e transformados em imagens 3D que os alunos usam para estudar e ver como os órgãos do paciente interagem como se fossem objetos reais.

Tal tecnologia pode ajudar por exemplo, a aperfeiçoar as cirurgias robóticas, que hoje já são uma realidade. Porém, é necessário uma graduação em cirurgia robótica ou um curso de especialização focado apenas nessa área.

Dessa forma, a realidade aumentada impulsionara a confiança dos médicos em fazer procedimento de formas mais seguras e com ajuda das novas tecnologias robóticas.

Cibersegurança e segurança elétrica hospitalar

Os novos avanços tecnológicos da medicina são uma melhoria para a saúde das pessoas e para a assistência médica, mas também trouxeram à tona a necessidade de dois aspectos fundamentais.

Primeiro, tenha mais segurança cibernética para proteger os dados do paciente. E em segundo lugar, ter um sistema de segurança elétrica hospitalar que garanta o funcionamento de todos os equipamentos médicos e áreas críticas Sob qualquer circunstância.

Compartilhar este post:

Você vai gostar também