Segurança do iPhone, proteção para seus dados e privacidade. Ou seja, o iPhone tem novos e importantes recursos de segurança. Você precisa deles? Chaves de segurança física e criptografia expandida chegaram para usuários do iPhone. Nossos smartphones contêm uma quantidade chocante de informações preciosas sobre Segurança do iPhone. 

    Se toda essa informação caísse em mãos erradas, poderia ser desastroso, pessoal e financeiramente. A Apple lançou recentemente uma atualização do iOS 16 para a segurança do iPhone adicionando novas opções de segurança importantes.

     O suporte para chaves de segurança do iPhone físicas e disponibilidade expandida do modo de proteção avançada de dados. Eles são todos opcionais e não estão ativados por padrão, mas cada um oferece maneiras expandidas de manter seus dados seguros contra hacks e violações.

    Chaves de segurança: Dongles é melhor você não perder

     Esta chave de segurança extra, é acrescentada em sua senha e significa que você vai receber um código. Este código vem por meio de mensagem de texto, ou aplicativo. Então você vai digitar para a confirmação da sua identidade.

    O próximo nível é que você irá substituir os códigos de segurança em uma chave de segurança física.

    Então eles são Dongles pequenos, que geralmente são parecidos com pen drives, e são conectados aos dispositivos por meio de uma porta, conhecida como NFC, ou com um código que você digita manualmente. Se você possuir esta chave, esta é a confirmação da outra parte que você confirma ser.

    •   Por que existe: existem certos hacks – técnicos e através de truques regulares, como ligações telefônicas – que podem ser usados ​​para roubar seus códigos de autenticação de dois fatores baseados em texto e invadir suas contas. Ao permitir que você conte com um dispositivo físico para essa segunda forma de confirmação, as chaves de segurança reduzem o risco de alguém invadir suas contas.
    •  Como ativá-lo: Primeiramente, você precisa adquirir as duas chaves de segurança. A Apple tem um suporte das chaves certificadas pela FIDO, e a fábrica mais reconhecida é a Yubico, que tem opções que podem ser ligadas à porta Lightning de um iPhone. 

    Para alinhar com seu telefone, veja se você está usando o iOS 16.3 e siga até as Configurações> Sua conta >Senha e segurança>Adicionar chave de segurança> e siga as instruções.

    Segurança do iPhone
    Segurança do iPhone

    A quem se destina: 

     As chaves de segurança não são necessárias para a maioria dos usuários do iPhone. Eles são normalmente usados ​​por pessoas consideradas de maior risco para ataques direcionados, como pessoas que tentam invadir suas redes sociais ou contas na nuvem. A Apple nomeia especificamente celebridades, jornalistas e funcionários do governo como seu público-alvo.

    Muitas pessoas não famosas correm o risco de serem alvo desses tipos de ataques, diz Cooper Quintin, tecnólogo sênior de interesse público do grupo de direitos digitais Electronic Frontier Foundation.

     Os exemplos incluem pessoas que têm acesso a informações importantes; isso inclui líderes ou administradores de sistema em grandes empresas, ativistas em países onde a liberdade de expressão e são fracas as proteções de mídias e as pessoas que são preocupadas com pessoas abusivas ou com perseguidores.

     Muitos usuários não públicos acham as chaves mais tranquilas de usar do que milhares códigos de texto.

    Então a Apple exige que você tenha duas chaves, e diz para armazená-las em locais separados, caso uma seja perdida ou roubada.

    Proteção avançada de dados: mais criptografia

     Esse novo recurso aumenta os tipos de dados que serão criptografados de ponta a ponta pela Apple, ou seja, quando os dados são armazenados no iCloud, eles não podem ser acessados ​​em uma violação de dados ou pela própria Apple quando solicitado por um governo ou mesmo pelo do utilizador. 

    Foi lançado nos EUA, no ano passado, a proteção avançada de dados, que está disponível em todo o mundo para qualquer usuário que queira ter atualizado do iOS.  Alguns dados já estavam todos criptografados. Esta ferramenta adiciona, notas e fotos, iCloud Drive, backups de conversas, dispositivos de backups. Mail e contatos não estão inclusos.

    •  Por que existe: se houver uma violação da nuvem, os criminosos não conseguirão acessar a maioria dos dados que você armazenou lá. Também evita que a Apple seja forçada a entregar dados do iCloud, como backups de conversas do Messages, quando solicitado por governos ou autoridades policiais, já que a empresa não tem como acessar essas informações. Enquanto as chaves de segurança protegem você contra ataques direcionados, a Proteção Avançada de Dados é mais uma defesa contra grandes violações.
    • Como ativá-lo: Veja se você está usando o iOS 16.3 e siga para configurações> sua conta>iCloud>proteção de dados avançada. Certifique-se de configurar a recuperação de conta aqui. Ele permite adicionar um contato de recuperação (um membro da família, por exemplo) e obter uma chave de recuperação de 28 caracteres. Isso ajudará você a obter acesso à sua conta se algo acontecer. Logo volte e clique para iniciar a Proteção Avançada de Dados.
    •  Para quem é: todos podem ativar esse recurso para maior tranquilidade, mas você deve estar preparado para uma quantidade maior de responsabilidade. Se você perder o acesso aos seus dispositivos e suas opções de recuperação, a Apple não terá como acessar seus dados para você. No entanto, não haverá diferenças no dia a dia que você perceba como usuário do iPhone.

    A Apple fez um ótimo trabalho ao fazer muitas maneiras de recuperação da sua conta, assim você não perde o acesso de seus dados.

    Modo de bloqueio: não para todos

    A Apple recentemente adicionou uma opção que se chama Lockdown Mode principalmente para seus clientes de iPhone de alto perfil e alto risco. 

     Ele limita uma variedade de aplicativos e recursos para minimizar as formas pelas quais invasores externos podem comprometer seu dispositivo, especificamente por meio de vulnerabilidades que a própria Apple ainda não descobriu. Não use isso a menos que você tenha motivos legítimos para se preocupar com ataques direcionados e com a segurança de seus dispositivos, pois a configuração vem com algumas grandes compensações. Por exemplo, ele bloqueia vários anexos de mensagens e muitos sites não deverão funcionar.

    Coisas que todos devem fazer para se manter seguro:

     Ativar a proteção avançada de dados ou usar uma chave de segurança são ótimas opções que você deve considerar com base no seu nível de risco. No entanto, existem algumas etapas de segurança mais importantes que todos devem seguir.

    • Atualize seu software: vulnerabilidades de softwares desconhecidas podem ser exploradas por criminosos. Atualize seus sistemas operacionais de telefone e computador assim que novos lançamentos forem lançados e ative as atualizações automáticas para todos os aplicativos que você usa.
    • Tenha senhas fortes: use senhas únicas, fortes e longas para todas as suas contas, incluindo Apple e Google, todas as mídias sociais e qualquer coisa relacionada a finanças. As melhores senhas podem ser impossíveis de memorizar, então considere usar um gerenciador de senhas como 1Password ou Dashlane.

    Ative a autenticação de dois fatores: faça a ativação para tudo o que der permissão, incluindo, seu perfil do Facebook, seu smartphone, sua conta do Google Docs., sua conta bancária e onde você tiver todos os seus sonhos e esperanças

    Compartilhe.
    Avatar de Fátima Watanabe

    Formada em biblioteconomia pela UFMG, Fátima Watanabe começou na sua área escrevendo artigos sobre as obras de Dante Alighieri e sua importância dentro da literatura. Hoje, Fátima passa seus dias como pesquisadora de sua área, integrando o uso de palavras-chave na pesquisa didática e ainda escreve editoriais e artigos no WTW19.