Automação residencial: o futuro está ao nosso alcance

Há alguns anos, o conceito de automação residencial ainda era percebido como uma quimera e difícil de ser adotado. A demanda de viver um “novo mundo” confortavelmente a partir de casa está agora ao alcance de muitos.

Em uma sociedade em rápida mudança, a necessidade de automatizar e, consequentemente, melhorar a gestão do lar é essencial. O mundo doméstico, portanto, pode assumir um aspecto diferente graças à evolução a que está sujeito com o fenômeno da automação residencial. Por esses motivos, a casa com seus dispositivos inteligentes favorece naturalmente o conforto de aí vive.

O caminho entre uma casa analógica para uma digital não é muito longo, e pode ser feito com conforto, conhecendo um pouco mais sobre este mundo interessante.

A automação residencial, para quem ainda não a conhece, é uma disciplina que trata do estudo de tecnologias para aumentar a qualidade de vida em edifícios: as instalações existentes são melhoradas. O gerenciamento coordenado de todos os dispositivos dá a possibilidade de interação dos elementos, controlados por um único ponto de monitoramento. Por todas estas razões, é bastante claro que o potencial da automação residencial é enorme e de múltiplas aplicações.

Automação residencial hoje

A automação residencial é atualmente um ecossistema de dispositivos conectados usados ​​por cidadãos inteligentes. Essa tecnologia desempenha um papel muito importante porque é capaz de dar inteligência a sistemas que não poderiam cuidar de si próprios. A unidade de controle pode gerenciar sistemas de iluminação, telefone, áudio, vídeo, ar condicionado, bem como um portão elétrico ou uma piscina. Tudo isso é controlado confortavelmente graças a tablets ou mesmo através de smartphones. E claro que a automação residencial e  internet estão muito relacionadas. No entanto, hoje quase toda a gente tem internet fixa em casa e móvel no celular, pelo que a partir daqui, ter conexão não é um problema.

Onde é possível aplicar a automação residencial? Na verdade são várias as possibilidades da automação residencial. Vejamos:

Iluminação

Graças a um sistema de automação residencial pode automatizar a sua casa ou apartamento. Portanto, será possível gerenciar o acendimento e o apagamento das luzes; Você também pode regulá-los para evitar, por exemplo, flutuações repentinas e irritantes. Além disso, as luzes também são utilizadas para fins de anti-intrusão, úteis para detectar a presença de qualquer indivíduo no local.

Outra questão importante é a gestão de eletricidade e consumo. Graças a esta tecnologia, através do painel de gestão ou smartphone, é fácil controlar o consumo diário e semanal, evitando custos desnecessários e obtendo poupanças de energia.

Ar condicionado

O gasto de energia de uma casa também é medido pelas temperaturas que queremos produzir dentro da propriedade. Obter um microclima no interior da nossa casa graças à automação residencial é muito fácil, podendo subdividir o sistema em diferentes zonas climáticas. Tudo isto em função da divisão, do horário e da orientação da luz solar, adequadas para aumentar o isolamento térmico do edifício. Por esse motivo, a otimização das temperaturas também otimiza as contas mensais.

Vídeo e Áudio

Outra aplicação que se destaca é a videofonia e difusão sonora. Com esta tecnologia existe a possibilidade de obter intercomunicação de uma divisão para outra. Você também pode se comunicar com o exterior do edifício visualizando quem está entrando e ativando a chamada fechadura elétrica.

Da mesma forma, a difusão do áudio nos vários cômodos será uma tarefa que poderá ser executada local ou centralmente, o que lhe dará a possibilidade de comunicar através de chamadas pelo microfone. Somando a tudo isso a possível utilização de vídeo-vigilância, poderemos ver e ouvir o que está acontecendo em outra parte da casa. Esta opção é muito importante, por exemplo, para controlar crianças que estejam em outro espaço, garantindo um controle superior.

Segurança

A segurança do imóvel hoje é uma questão muito delicada e a automação residencial pode nos ajudar de forma contundente. Os sistemas de alarme que incluem esta tecnologia podem notificar-nos com uma simples mensagem para o nosso smartphone se houver vazamento de gás, monóxido de carbono, incêndios ou água. Assim que o sistema estiver funcionando, além de nos avisar, ele irá fechar as válvulas de gás ou água. Além disso, o controle do perímetro e volumétrico de uma sala pode ser realizado com conforto, implementando segurança em áreas específicas.

Exteriores As pessoas que possuem casas com áreas ajardinadas podem contar com um sistema que vai agilizar os processos. A automação de irrigação do jardim é um exemplo. Assim, é mais fácil com a possibilidade de programação de acordo com as horas de cada dia. Sensores de umidade e chuva avisam o sistema que vai autonomamente saber como agir. Além disso, graças aos sensores será possível gerir a iluminação, tendo em conta parâmetros tais como horários e condições atmosféricas.