Do que você precisa para alavancar a sua empresa? A sua ideia de negócio é viável? Aquele novo projeto deve ser implementado? Perguntas como essa podem ser respondidas com o auxílio do Business Model Canvas.

    De acordo com o Sebrae 80% das micro e pequenas empresas fecham antes de completar 5 anos de vida e isso ocorre por falta de conhecimento dos processos e também pela ausência de planejamento estratégico.

    Comece o seu negócio do jeito certo usando o Business Model Canvas. Entenda como funciona e use um modelo online para colaborar com a sua equipe.

    O que é o Business Model Canvas?

    O Business Model Canvas é uma metodologia que ajuda a verificar a viabilidade de uma ideia de negócio ou de um novo projeto, mostrando um panorama dos pilares estratégicos que uma empresa deve levar em consideração.

    O seu grande diferencial é que ao contrário de planilhas e inúmeras páginas de um plano de negócio tradicional ele é prático, funcional e fácil de entender, funcionando como um mapa visual completo que reúne 9 fatores-chave que podem ser vistos de uma única vez, são eles:

    1. parceiros chave;
    2. atividades chave;
    3. recursos chave;
    4. propostas de valor;
    5. relacionamento com clientes;
    6. canais;
    7. segmentos de clientes;
    8. estrutura de custos;
    9. fontes de renda.

    Todos esses fatores reúnem os pilares que uma ideia precisa para que sua execução seja viável.

    Usando essa ferramenta você nunca mais vai partir para a execução “no escuro”, além disso, vai aumentar as chances do seu negócio ou projeto ser bem sucedido. Vamos entender como ela funciona.

    Como o Business Model Canvas funciona?

    Para entender como fazer um Business Model Canvas, vamos nos aprofundar no que significa cada um dos 9 fatores-chave apresentados.

    Segmentos De Clientes

    O segmento de clientes é muito importante na hora de definir uma estratégia de negócios, já que todo planejamento deve permear o que o consumidor precisa e deseja.

    Esse é o momento de encontrar o público alvo e pensar nas suas necessidades e problemas a fim de oferecer a melhor proposta de valor.

    Proposta de Valor

    Esse fator-chave refere-se ao benefício que o cliente obtém ao adquirir o seu produto ou serviço, trata-se de valores intangíveis que melhorem a percepção do comprador e que façam ele optar por você e não pela concorrência.

    Por exemplo, suponha que irá vender um copo, qual será o valor percebido pelo cliente? Isso, é claro, deverá ser definido de acordo com o público alvo, veja só essas duas opções:

    1. Um design único e elegante que vai de encontro ao gosto sofisticado do cliente e que traz status ao servir bebidas aos seus convidados.
    2. Copos funcionais, bonitos e com valor acessível para que o cliente equipe a sua nova casa rapidamente.

    Observe que em ambos os casos falamos de copos, mas a proposta de valor é completamente diferente, cada cliente procura um tipo de comodidade.

    Parceiros Chave

    Esse é o momento de pensar nos parceiros que vão ajudar o negócio a funcionar, de maneira prática você deverá definir quem são os fornecedores, colaboradores e quaisquer outras parcerias necessárias para que a ideia saia do papel.

    O principal aqui é buscar aqueles parceiros que vão te ajudar a cumprir a sua proposta de valor, como no exemplo dos copos. Se formos atender o público da opção 1, é importante que o fornecedor de vidros forneça uma matéria-prima especial, bem como, o parceiro de embalagens deverá oferecer algo requintado que aumente a percepção de valor do comprador.

    Atividades Chave

    Aqui serão definidas as atividades essenciais para que a proposta de valor seja entregue, ou seja, se você vai comercializar copos com design sofisticado precisa definir se irá revender ou se irá fabricar e vender.

    Dependendo da escolha, as atividades envolvidas serão completamente diferentes.

    Recursos Chave

    Quais são os recursos mais importantes para atender as atividades chave? Se a sua empresa vai fabricar copos, você vai precisar se preocupar com maquinários, estrutura, mão-de-obra, designers, etc.

    Se o seu negócio for revender jóias é um dos principais recursos será o conhecimento sobre pedras, design das peças, etc.

    Canais

    No Business Model Canvas esse é o momento em que você define como fará para o seu produto/serviço ser conhecido pelo seu cliente em potencial.

    Será pela internet por meio de um site e redes sociais? Será em pontos de venda físicos para que o consumidor tenha a chance de avaliar de perto as peças? Não existe resposta certa. 

    O tipo de produto, forma de divulgação e também o público-alvo vão ditar o melhor canal de venda e comunicação, há também a possibilidade de usar uma estratégia multicanal.

    Relacionamento Com Clientes

    Boa parte do relacionamento com o cliente será definida na estratégia de canais, já que você irá definir por onde irá se comunicar com ele.

    Aqui também é importante definir como ele será atendido, qual o tom de voz, se mais descontraído ou mais sério e por onde ele poderá fazer contato para tirar dúvidas e comprar de você.

    Estrutura De Custos

    A estrutura e custos é uma das partes mais importantes do Business Model Canvas, já que é ela que vai definir quanto irá custar a sua operação.

    É importante fazer o levantamento de quanto irá custar cada item do seu projeto: fornecedores, equipe, estrutura, manutenção, maquinário, logística, insumos e matéria-prima, etc. Tudo isso vai determinar o último fator chave, a receita.

    Fontes de Renda

    Em termos simples, de onde virá o dinheiro da empresa? Como ela obterá lucro? Isso deverá ser definido de acordo com a proposta de valor.

    Por exemplo, uma empresa de informática pode ter fontes de receita distintas: venda de peças, consultoria de informática e serviços de manutenção. Só aqui estamos falando de 3 fontes de receita.

    Além de definir as fontes de receita é importante que ela esteja em concordância com a estrutura de custos, ou seja, a receita deverá pagar os custos e despesas e gerar lucro.

    Como fazer um Business Model Canvas?

    Quer saber como fazer um Business Model Canvas? É muito simples.

    Originalmente ele é um quadro único que mostra os 9 fatores e é preenchido com post-its de forma colaborativa pela equipe, aqui vale a pena ressaltar, uma ideia pode se tornar melhor e mais forte se houver mais participantes criando o Canvas.

    Na realidade atual, de trabalho remoto, nem sempre é tão fácil reunir pessoas em uma sala para executar esse tipo de trabalho, por isso você pode usar um modelo online do Canvas, que não perde em nada para a interação presencial.

    Com o Business Model Canvas da Miro, você pode:

    • Colaborar no quadro com sua equipe em tempo real;
    • Usar os post-its como se estivesse presencialmente;
    • Fazer brainstorming e trocar ideias.

    Clique aqui e use agora mesmo o Modelo de Business Model Canvas gratuitamente!

    Compartilhe.
    Avatar de Fátima Watanabe

    Formada em biblioteconomia pela UFMG, Fátima Watanabe começou na sua área escrevendo artigos sobre as obras de Dante Alighieri e sua importância dentro da literatura. Hoje, Fátima passa seus dias como pesquisadora de sua área, integrando o uso de palavras-chave na pesquisa didática e ainda escreve editoriais e artigos no WTW19.