Compra de cursos e aulas online aumenta durante a quarentena

As medidas de distanciamento e isolamento social com intuito reduzir as chances de contágio por Covid-19 impactaram o comportamento do consumidor brasileiro.

Devido à quarentena, muitas pessoas recorreram à comodidade e à segurança da compra de produtos e contratação de serviços por meio de lojas virtuais. Inclusive, uma parcela delas, cerca de 11,7 milhões, efetuou compras online pela primeira vez — conforme pesquisa elaborada pela ABComm.

Entre os itens que marcaram presença no carrinho de compras virtual dos consumidores estão as aulas e os cursos realizados à distância.

Education, Online Learning, Icon, E-Learning

Setor tem elevação de vendas superior a 220%, cursos e aulas online profissionalizantes e para concursos são destaque

Aliado ao hábito de adquirir produtos pela internet, o interesse por cursos online também se mostrou presente ao longo da quarentena.

No mês de março, quando a OMS declarou estado de pandemia, a pesquisa por “cursos online” no Google atingiu o pico de popularidade, conforme dados fornecidos pelo Google Trends, ferramenta que indica o grau de interesse de termos buscados no Google.

Como reflexo disso, o setor de cursos e aulas pela internet vivenciou uma elevação de 224% na quantidade de vendas desde o princípio da pandemia, conforme pesquisa divulgada.

A mesma fonte indica que os cursos e aulas mais cotados são os dedicados a aperfeiçoamento profissional e concursos públicos.

Os motivos para essa procura são os mais diversos, porém todos estão intimamente ligados ao contexto pandêmico.

Os cursos de capacitação profissional são especialmente atraentes para quem deseja aprimorar o currículo para aumentar as chances de conseguir um emprego.

A procura por oportunidades de trabalho tem sido uma preocupação crescente devido ao impacto causado pela pandemia na economia de todo o país. Diante desse cenário, é natural que a educação à distância torna-se uma aliada dos brasileiros.

O aumento na venda de cursos e aulas online focados na preparação para concursos também está associado à procura por emprego.

Para economizar ao adquirir esse tipo de serviço, é possível aplicar cupons de desconto no momento de finalizar a compra. Cupons de Desconto Qconcursos, por exemplo, permitem que assinaturas de planos sejam feitas com preços reduzidos.

Dedicar um tempo para pesquisar e comparar preços igualmente colaboram para poupar dinheiro no momento de se matricular em cursos pela internet.

Cursos e aulas online gratuitos também cresceram em popularidade

Além de ser um atrativo para quem está desempregado, os cursos ministrados pela internet têm sido ferramentas importantes para preencher o tempo ocioso de forma produtiva.

Em meio ao isolamento inerente à quarentena, muitos decidiram cultivar um novo hobby, aprender um idioma, entre outras atividades de interesse que antes não poderiam ser executadas com o ritmo acelerado da rotina anterior à pandemia.

Nesse contexto, tanto a oferta quanto a procura por cursos e aulas à distância gratuitos aumentaram.

Sebrae

O crescimento significativo no número de inscritos nos cursos do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) é um exemplo dessa realidade.

A instituição possibilita que empreendedores expandam seus conhecimentos gratuitamente através de mais de uma centena de cursos com certificado digital.

Os interessados podem optar por aprender sobre organização, finanças, pessoas, inovação, empreendedorismo, leis, planejamento e mercado.

No mês de abril de 2019, cerca de 35 mil pessoas matricularam-se nos cursos da plataforma. No mesmo intervalo do ano seguinte, o número de inscritos foi de 122 mil, mais de três vezes superior ao do ano anterior.

FGV

Além dos cursos focados em empreendedorismo, há uma variedade de temáticas e assuntos que podem ser aprendidos sem nenhum gasto através de plataformas online.

Dentre elas, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) se destacou durante a pandemia, conforme ilustra o aumento de 400% na procura por cursos no início da quarentena.

A fundação, graças à relação estabelecida com a Open Education Global, oferece mais de 120 cursos divididos entre áreas como administração pública, direito, tecnologia e ciência de dados, educação e humanidades, economia, finanças, liderança e marketing.

Udemy

Em adição às instituições nacionais, plataformas internacionais também podem ser acessadas por quem está interessado em investir seu tempo livre para aprender novas habilidades.

A Udemy é um marketplace que abriga milhares de cursos pagos e gratuitos sobre os mais diversos assuntos e orientados a todos os níveis de aprendizado, desde iniciante a especialista.

Mais de mil cursos e aulas online que abrangem tópicos como WordPress, Photoshop, Excel e muitos outros estão à disposição de graça na Udemy.

Para aproveitar ao máximo essas e outras oportunidades de aprendizagem à distância, é necessário comprometimento e dedicação aos estudos.

Essa tarefa pode ser desafiadora pois a dinâmica do ensino online é uma novidade para muitos estudantes e profissionais. Mas, não é impossível. Criar um plano e rotina de estudos, reservar e organizar um local para os estudos e distanciar-se das distrações são medidas eficientes para melhorar o desempenho em cursos e aulas online.